Terão que se retratar: disse Marcão sobre propagação de fake News.

O vereador Marcão Eugênio, oposicionista a administração do Prefeito Daniel Marinho, usou seu tempo na tribuna da Câmara legislativa para combater o que classificou de notícias falsas (fake News) propagadas nas redes sociais por familiares do Secretário adjunto de tributação da Prefeitura Municipal de Nísia Floresta.

Durante o discurso, o representante específica á existência de determinações, orientando outras pessoas a compartilhar á falsa informação cujo conteúdo exposto deturpa seu posicionamento em relação a suposta manobra da Prefeitura em transformar o aumento do piso salarial da enfermagem em abono salarial. No entendimento do vereador, o texto encaminhado pelo poder Executivo Municipal retira direitos trabalhistas da classe da enfermagem consolidados na CLT.

” Eu voltei contra o abono salarial, não o piso, pelo contrário; eu sou a favor do piso salarial e pior, essa fake News começou dentro da gestão”. Disse o vereador.

O projeto de lei complementar n°004/2023 apresentado pela Prefeitura Municipal de Nísia Floresta, sofreu duras críticas do Sindicato dos Trabalhadores na Saúde do Estado do Rio Grande do Norte. O órgão aponta inconsistências jurídicas e detalha cartilhas emitidas pelo Ministério da Saúde e jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), contrárias ao texto votado na última sessão na Câmara legislativa Municipal.

“O abono não é acrescentado no salário na hora de uma licença maternidade ou licença médica, por isso que diferente do que eles falaram, votei contra o abono, eu sou a favor do piso salarial que garante os direitos.” Acrescentou.

A busca incansável de Marcão Eugênio por esclarecimentos sobre seu posicionamento contrário ao texto aparenta estar longe de acabar. O vereador pretende representar judicialmente todas as pessoas envolvidas no processo de divulgação da notícia considerada por ele, falsa e enganosa. “Espalharam essa fake News e com certeza, juridicamente terão que se retratar”, finalizou.

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *