Tag: MORRO DO CARECA

Primeiras análises sobre a engorda são satisfatórias, aponta o Idema

Primeiras análises sobre a engorda são satisfatórias, aponta o Idema

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema-RN) tem avaliado como satisfatórias as respostas já analisadas e dadas pelo Município sobre os questionamentos acerca dos estudos para engorda da Praia de Ponta Negra. O órgão informou que pretende finalizar a avaliação do relatório, entregue pela Prefeitura em 10 de julho, no próximo dia 30. Se o prazo for cumprido, a licença prévia poderá sair em agosto. A informação foi repassada pelo Idema à TRIBUNA DO NORTE nesta quarta-feira (19), um dia após o órgão receber do Ibama a delegação de competência para assumir a responsabilidade sobre o licenciamento da

Engorda de Ponta Negra é pauta de reunião do Idema nesta segunda-feira

Engorda de Ponta Negra é pauta de reunião do Idema nesta segunda-feira

O Idema promove nesta segunda-feira (10) uma reunião para tratar dos aspectos técnicos relacionados à obra de engorda da praia de Ponta Negra. O encontro ocorrerá no formato híbrido, online e presencial, às 10h, no auditório do Parque das Dunas, em Natal. O instituto convidou a Prefeitura do Natal, por meio das secretarias de Infraestrutura (Seinfra) e do Meio Ambiente e Urbanismo do Município (Semurb), e representantes do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte, 45ª Promotoria de Justiça – Natal, coordenador do Núcleo da Cidadania e Ambiental (NCA) da Procuradoria

Morro do Careca, cartão postal do RN, tem erosão e risco de desmoronamento, diz secretaria

Morro do Careca, cartão postal do RN, tem erosão e risco de desmoronamento, diz secretaria

A erosão acelerada do Morro do Careca, cartão postal de Natal, causa riscos a turistas e potiguares frequentadores da praia de Ponta Negra, na Zona Sul da cidade. Ao longo dos últimos anos, a duna tem dado espaço para uma falésia, o que aumenta a probabilidade de desmoronamentos. A informação é do geógrafo José Petronilo da Silva Junior, da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal (Semurb), que preparou um relatório sobre a situação do morro por determinação do Ministério Público Federal. Segundo o relatório, blocos com volume que ultrapassam 2m³ se desprenderam da estrutura, em março, mas ninguém