Menor usando fuzil, carro de meio milhão e ‘bocas de fumo’ sem preocupação com a polícia: reunião de traficantes na Maré chegou a ter mais de 20 veículos de luxo

Traficantes de favelas do Complexo da Maré percorrem a comunidade em veículos de luxo roubados, segundo relatórios da Polícia Civil do Rio de Janeiro, obtidos pelo g1. Em uma ocasião, em julho de 2022, 20 veículos que seriam usados pelos criminosos ficaram estacionados ao redor do local de reunião do tráfico.

O grupo se encontrou ao lado da área de lazer onde eram dados treinamentos de guerrilha aos bandidos, na favela Vila do João – uma das 16 comunidades que compõem o complexo. Esta semana, em uma operação na Maré, as forças de segurança do RJ recuperaram 33 veículos roubados. Nenhum chefe da facção Terceiro Comando Puro (TCP), que controla o tráfico na região, foi preso.

A investigação descobriu que um dos carros, uma Range Rover, modelo Velar, é utilizada pelo traficante Michel de Souza Malvieira, o Mangolê. O veículo é avaliado em cerca de R$ 500 mil. Ele deixou a prisão em maio de 2020, após ficar preso por oito anos, por decisão judicial. O motivo da soltura: superlotação do presídio.

Bocas-de-fumo para a venda de drogas funcionam em barracas instaladas nas ruas, à luz do dia e sem qualquer preocupação com uma possível operação policial. Um menor foi flagrado com um fuzil no ombro. Ele conversa em uma “roda” com outro homem armado, maior de idade, e um terceiro em que é possível ver o rádio transmissor.

Confira mais detalhes na matéria de Marco Antonio Martins, Leslie Leitão, G1 Rio.

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *