Indicação de economista do PT para presidir IBGE coloca em alerta equipe de Simone Tebet

Dentre as várias mexidas previstas para as próximas semanas na estrutura do governo Lula, uma em especial está tirando o sono da equipe da ministra Simone Tebet, do Planejamento – e não tem nada a ver com a entrada do Centrão no governo. Trata-se da pretensão do presidente Luiz Inácio Lula de nomear o economista Marcio Pochmann para presidir o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que está sob o comando de um interino desde janeiro.

O instituto, que no governo de Jair Bolsonaro ficava sob a estrutura do Ministério da Economia de Paulo Guedes, agora está no Planejamento. O nome de Pochmann passou a circular no Palácio do Planalto há algumas semanas e sua indicação está sendo atribuída a Paulo Okamotto, presidente da Fundação Perseu Abramo, do PT, e amigo de décadas de Lula.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *