Categoria: VARÍOLA

SP registra a 2ª morte por varíola dos macacos

SP registra a 2ª morte por varíola dos macacos

A morte ocorreu na madrugada deste sábado (15), em um hospital particular de Santos. Um morador de 37 anos de Praia Grande é a segunda pessoa morta por varíola dos macacos no estado de São Paulo -a primeira na Baixada Santista. Ele tinha comorbidades, de acordo com a secretaria da saúde do município.A morte ocorreu na madrugada deste sábado (15), em um hospital particular de Santos.Com o caso, o Brasil totaliza sete mortes por varíola dos macacos. Foram registrados dois óbitos em Minas Gerais e três no Rio de Janeiro, além dos dois em São Paulo. Os pacientes também tinham

Minas Gerais tem segunda morte por varíola dos macacos confirmada

Minas Gerais tem segunda morte por varíola dos macacos confirmada

Segundo comunicado, a vítima é um rapaz de 21 anos, com comorbidades, que estava internado desde 11 de setembro.   A prefeitura de Pouso Alegre (MG) confirmou, neste domingo (9), a morte de uma pessoa por varíola dos macacos. Segundo comunicado, a vítima é um rapaz de 21 anos, com comorbidades, que estava internado desde 11 de setembro.   Atualmente, no município, há 4 casos confirmados (sendo um deles o paciente que foi a óbito e os demais que passaram pelo isolamento domiciliar), 1 em análise e 45 descartados. De acordo com boletim divulgado pelo Ministério da Saúde na sexta-feira

Casos de varíola dos macacos caem no Brasil, mas riscos ainda existem

Casos de varíola dos macacos caem no Brasil, mas riscos ainda existem

Agosto respondeu pelo maior número de notificações da doença: 3.699 casos O surto de varíola dos macacos no Brasil dá sinais de declínio, repetindo a tendência de queda observada em alguns países europeus pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Porém, especialistas, tanto daqui quanto de fora, veem o recuo com cautela e defendem a manutenção de medidas para controlar o surto da doença. “Assim como com a Covid-19, não é momento de baixar a guarda”, afirmou, no último dia 14, o diretor-geral da OMS”, Tedros Adhanom. No Brasil, segundo o último boletim epidemiológico sobre a doença feito pelo COE (Centro

Vacina contra a varíola dos macacos deve chegar ao Brasil este mês

Vacina contra a varíola dos macacos deve chegar ao Brasil este mês

A negociação, feita com o laboratório dinamarquês Bavarian Nordic, conta com a intermediação da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). O primeiro lote de vacinas contra a varíola dos macacos deve chegar ainda este mês ao Brasil, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em entrevista ao programa Brasil Em Pauta, da TV Brasil.   A negociação, feita com o laboratório dinamarquês Bavarian Nordic, conta com a intermediação da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). Nessa primeira leva, devem estar disponíveis 50 mil imunizantes, os mesmos utilizados para o combate da varíola. Entre os grupos específicos estão profissionais de saúde que lidam diretamente com

Vacina contra varíola dos macacos será adaptada às realidades do país

Vacina contra varíola dos macacos será adaptada às realidades do país

A afirmação é do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, que concedeu entrevista ao programa A Voz do Brasil desta quarta-feira (14). Os pesquisadores brasileiros trabalharão no desenvolvimento de uma vacina contra a varíola dos macacos adaptada a realidade do nosso país. A afirmação é do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, que concedeu entrevista ao programa A Voz do Brasil desta quarta-feira (14). “Existe uma competência nacional instalada, um grupo de pesquisadores que estão sendo acionados para isso”, disse.   Na conversa, Alvim falou também sobre o apoio do governo federal a startups. Segundo ele foi

RN confirma primeiro caso de varíola dos macacos em mulher; número de infectados sobe para 31

RN confirma primeiro caso de varíola dos macacos em mulher; número de infectados sobe para 31

Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública aponta quatro casos entre mulheres. O Rio Grande do Norte confirmou o primeiro caso de varíola dos macacos (Monkeypox) em mulher. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) deste sábado (3), são quatro mulheres com a doença. O RN também registrou um aumento no número de casos, chegando a 31 no total – sendo 27 em pessoas do sexo masculino. LEIA MAIS Varíola dos macacos: ainda é possível parar o surto de monkeypox? Como sintomas da doença mudaram e intrigam médicos Segundo o documento

OMS notifica mais de 50 mil casos de varíola dos macacos no mundo

OMS notifica mais de 50 mil casos de varíola dos macacos no mundo

De acordo com o painel da organização que registra todos os casos confirmados, hoje havia 50.496 casos e 16 mortes Dados divulgados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) nesta quarta-feira (31) mostram que já foram registrados mais de 50 mil casos da varíola dos macacos, chamada também de monkeypox, desde o início de um surto que atinge principalmente a América do Norte e a Europa, mas afeta também o Brasil. De acordo com o painel da organização que registra todos os casos confirmados, hoje havia 50.496 casos e 16 mortes. Nos Estados Unidos, assim como na Europa, o número de

RJ registra primeira morte por varíola dos macacos; é a segunda no Brasil

RJ registra primeira morte por varíola dos macacos; é a segunda no Brasil

No RJ já são 611 casos confirmados de monkeypox. Outros 474 casos suspeitos seguem em investigação. O Rio de Janeiro registrou a primeira morte por varíola dos macacos, também conhecida como monkeypox, nesta segunda-feira (29). Este é o segundo caso no Brasil em um intervalo de um mês. Segundo informou a SES (Secretaria de Estado de Saúde), o paciente de 33 anos estava internado no Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes. O homem apresentava comorbidades e baixa imunidade, o que agravou o quadro e o levou à UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O Ministério da Saúde já foi comunicado

Com 18 casos confirmados de varíola dos macacos, RN lança plano de contingência

Com 18 casos confirmados de varíola dos macacos, RN lança plano de contingência

Documento divulgado nesta quinta-feira (25) apresenta orientações aos profissionais de saúde e lista três hospitais referência para atendimento aos pacientes com suspeita da doença. Com 18 casos confirmados de pacientes com varíola dos macacos (Monkeypox) no Rio Grande do Norte, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) lançou nesta quinta-feira (25) um plano de contingência para prevenção e combate à disseminação da doença. Segundo o governo, o documento pretende orientar os serviços de saúde do estado sobre as medidas de preparação e resposta. Três unidades de saúde são apontadas como referência para casos suspeitos e confirmados: o Hospital Giselda Trigueiro,

MG registra transmissão de varíola dos macacos de homem para cachorro

MG registra transmissão de varíola dos macacos de homem para cachorro

A doença foi transmitida pelo dono do filhote, configurando o primeiro relato de contágio de ser humano para animal no Brasil Um cachorro foi diagnosticado com varíola dos macacos em Juiz de Fora (MG), município a 260 quilômetros de Belo Horizonte. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, a doença foi transmitida pelo dono do filhote, configurando o primeiro relato de contágio de ser humano para animal no Brasil, conforme a pasta. O filhote, de cinco meses, apresentou os primeiros sintomas da doença no último dia 13, com o surgimento de lesões no dorso e pescoço. Já