Categoria: DENGUE

RN tem 33.901 casos prováveis de dengue no ano, diz boletim da Sesap

RN tem 33.901 casos prováveis de dengue no ano, diz boletim da Sesap

Secretaria aponta seis óbitos confirmados pela doença. O Rio Grande do Norte tem 39.565 casos suspeitos de dengue contabilizados no ano, de acordo com dados do boletim epidemiológico das arboviroses divulgado nesta quinta-feira (4) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Os números consideram o período de janeiro até 16 de julho (Semana Epidemiológica 28). Do total, são 6.440 casos confirmados, 33.901 casos considerados prováveis, 5.664 descartados, além de seis óbitos confirmados e 17 em processo de investigação. A incidência por 100 mil habitantes foi de 952,03 casos prováveis. No mesmo período de 2021, quando não houve registro de epidemia de dengue, foram

RN tem mais de 23 mil casos prováveis de dengue e duas mortes pela doença

RN tem mais de 23 mil casos prováveis de dengue e duas mortes pela doença

Boletim de arboviroses foi divulgado nesta terça (14). O Rio Grande do Norte tem 23.240 casos prováveis de dengue e duas mortes confirmadas pela doença. Os dados são do mais recente boletim epidemiológico de arboviroses, com informações até 4 de junho. Outros 10 óbitos por suspeita de dengue ainda estão em investigação. Para a chikungunya foram contabilizados 7.609 casos prováveis, sem óbitos confirmados e três óbitos em investigação. Já a zika tem 2.129 casos prováveis, sem óbitos confirmados. Os casos confirmados de zika em gestantes somam 9. Em 19 de maio deste ano o governo declarou situação de emergência em

Natal decreta situação de emergência por causa do aumento de casos de dengue, zika e chikungunya

Natal decreta situação de emergência por causa do aumento de casos de dengue, zika e chikungunya

Decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Município na noite desta terça (17). A Prefeitura de Natal decretou situação de emergência em virtude do aumento de casos de dengue, zika e chikungunya na capital. O decreto foi publicado na noite desta terça-feira (17) em uma edição extra do Diário Oficial do Município (DOM) e tem validade de 90 dias. Confira a íntegra do decreto Crescimento acima de 1.000% De acordo com o Boletim Epidemiológico das Arboviroses publicado no dia 10 de maio pela Secretaria Municipal de Saúde, Natal teve um aumento de 1.566% nos casos de dengue de janeiro a abril

RN já registrou mais de 11 mil casos prováveis de dengue em 2022

RN já registrou mais de 11 mil casos prováveis de dengue em 2022

O Rio Grande do Norte registrou até o dia 7 de maio 11.427 casos prováveis de dengue. A incidência geral de casos está em 323,93 casos/100 mil habitantes. Os números são do Boletim Epidemiológico das Arboviroses da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap). Em relação às Regiões de Saúde, a maior incidência foi registrada na 1ª Região/Agreste (489,2/100 mil hab.), seguida da 4º Região/Seridó (435,77/100 mil hab.) e 7ª Região/Metropolitana (435.06/100 mil hab.). O crescimento da doença no estado pode ser constatado na comparação com 2021, quando foram registrados nesse mesmo período um total de 806 casos prováveis.O número de casos

Dengue dispara no país, e reagente de testes se esgota

Dengue dispara no país, e reagente de testes se esgota

Em quatro meses, o Brasil superou os 544 mil casos de dengue registrados em todo o ano passado O número de casos de dengue disparou no Brasil, e o reagente usado para fazer o exame que confirma a doença está esgotado na rede pública e privada. Ao todo, em quatro meses, o Brasil superou os 544 mil casos de dengue registrados em todo o ano passado. De janeiro a abril, houve 654,8 mil notificações da doença. O Ministério da Saúde não especificou a situação de cada região, mas confirmou que a reposição nacional só deve ser restabelecida em junho e

Natal declara epidemia de dengue e instala gabinete de crise

Natal declara epidemia de dengue e instala gabinete de crise

Capital teve aumento de mais de 1.500% nos casos de dengue entre janeiro e abril deste ano. Apenas em abril mais de 2 mil casos entre dengue, chikungunya e zika foram registrados. A capital Natal declarou que o município vive uma epidemia de dengue. A situação foi confirmada à Inter TV Cabugi pelo departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta quarta-feira (11). No final de abril, o município havia reconhecido epidemia em apenas alguns bairros da cidade. De acordo com o departamento de Vigilância em Saúde, para o reconhecimento do momento, é levado em referência o manual do Ministério

RN registra mais casos de dengue em 4 meses de 2022 do que em todo o ano de 2021, diz Ministério da Saúde

RN registra mais casos de dengue em 4 meses de 2022 do que em todo o ano de 2021, diz Ministério da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) confirma que estado vive epidemia da doença e Secretaria Municipal diz que tem intensificado ação nos bairros mais afetados de Natal. O Rio Grande do Norte já registra, nos primeiros quatro meses de 2022, mais casos prováveis de dengue do que em todo o ano de 2021. Os dados estão no boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, que teve a edição atualizada divulgada nesta segunda-feira (2). Segundo o documento, o Rio Grande do Norte registra de janeiro ao dia 23 de abril 6.278 casos de dengue. Em todo o ano de 2021, o Ministério da

Pesquisa desenvolvida em Natal usa inteligência artificial para prever surtos de dengue

Pesquisa desenvolvida em Natal usa inteligência artificial para prever surtos de dengue

Estudo pode nortear medidas de contenção da doença. Método pode ser aplicado em qualquer lugar do país. Um grupo de cientistas desenvolveu, em Natal, um método baseado em inteligência artificial capaz de prever um surto de dengue com até seis semanas de antecedência. Dessa forma, as autoridades de saúde podem ser avisadas com antecedência sobre o risco e executar medidas de contenção. Para realizar o estudo, ao longo de quatro anos, foram espalhadas armadilhas para coletar ovos, conhecidas como ovitrampa (que simulam um ambiente perfeito para a procriação do Aedes aegypti), nas quatro regiões de Natal, a cada 300m², formando