Ponte é interditada para retirada de árvores do Rio Pium e causa congestionamento na Grande Natal

Ponte foi liberada por volta das 17h30. Corpo de Bombeiros explicou que árvores estavam tapando bueiros, o que aumentou o nível de água no rio, causando riscos à ponte e a moradores.

Ponte foi interditada em Pium pelo Corpo de Bombeiros — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

A ponte do Rio Pium, em Parnamirim, na Grande Natal, precisou ser interditada na tarde desta terça-feira (5) por conta do alto volume de água após as chuvas. A interdição foi feita para que o Corpo de Bombeiros pudesse retirar árvores e galhos que estavam no rio e gerou um grande congestionamento no trecho.

De acordo com a corporação, as duas árvores caíram por conta das chuvas e foram carregadas no fluxo do rio. Assim, taparam bueiros que davam escoamento no trecho, o que fez o nível do rio elevar.

“Nós nos deparamos aqui com a queda de uma árvore. Os bueiros que dão passagem à água fecharam, pra um lado e pro outro. Trazia risco para a ponte e para os moradores aqui das margens dos rios. Tinha alguns bares e restaurantes que estavam sendo alagados”, explicou o sargento Flávio, do Corpo de Bombeiros, que atuou na operação.

Operação para retirada de árvores do Rio Pium — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Operação para retirada de árvores do Rio Pium — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

“Com o decorrer da chuva de ontem [segunda-feira], caíram uns pés de árvore aqui na beira do rio e tem uma dificuldade grande de vazão da água no fluxo aqui do rio. Lixo, pé de pau e tudo. Estamos dando suporte aqui pros bombeiros e obstruindo a rua para fazer o serviço”, reiterou o coordenador do litoral Sul da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Parnamirim (Semsur), Wagney Maiotti.

Fila de carros se formou na região, em Pium — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Fila de carros se formou na região, em Pium — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

A liberação da via aconteceu aproximadamente às 17h30. Enquanto a operação era realizada, uma fila quilométrica se formou na região nos dois sentidos da RN-313.

A população mostrou ainda preocupação com algumas “rachaduras” apresentadas na ponte. Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RN) informou que uma equipe técnica do órgão esteve no local e constatou que a fissura é “na junta de dilatação e que a estrutura da ponte permanece intacta, sem apresentar nenhum risco à população”.

Trecho ficou bastante congestionado no Rio Pium  — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Trecho ficou bastante congestionado no Rio Pium — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O alto volume atingido pelo Rio Pium também alagou ruas da localidade e invadiu residências. Pessoas relataram perder eletrodomésticos, como geladeiras, e precisaram sair de casa usando barcos.

Colaborador

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.