RN abre mais de 1,5 mil postos de trabalho com carteira assinada em abril, diz Caged

Saldo do ano, no entanto, segue negativo no estado. Natal e Mossoró foram as cidades que mais contrataram do que demitiram no mês.

Carteira de trabalho — Foto: Reprodução

O Rio Grande do Norte abriu 1.588 postos de trabalho com carteira assinada no mês de abril. Os dados estão no novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), publicado nesta segunda-feira (6) pelo Ministério da Economia.

O saldo positivo no mês é decorrente de um maior número de contratações de trabalhadores com carteira assinada em comparação com as demissões. Em abril, no RN, foram:

  • 15.732 contratações;
  • 14.144 desligamentos.

Apesar do crescimento em abril, o saldo no ano é negativo. Nos primeiros quatro meses de 2022, o estado teve reduzido 1.268 empregos.

Foram, de janeiro a abril, 60.827 novas contratações com carteira assinada contra 62.095 demissões.

Cidades

A cidade com maior saldo positivo foi Natal, que abriu 743 mais vagas de trabalhado do que fechou – tendo, ao todo, 7.178 admissões contra 6.435 demissões.

Mossoró fica logo atrás no ranking, com 409 novos postos de trabalho abertos, com 2.308 admissões e 1.899 demissões.

As cidades de Lagoa Nova, com saldo de 109, e Goianinha, com saldo de 155, também tiveram contribuições relevantes.

Por outro lado, Baraúna, com saldo negativo de 198, e Jandaíra, com saldo negativo de 128, foram as cidades que mais fecharam empregos com carteira de trabalho.

Setores

A atividade econômica que mais abriu empregos com carteira assinada em abril no Rio Grande do Norte foi o setor de serviços, comsaldo positivo de 1.261 novos postos de trabalho. O setor de construção teve 766 novas vagas.

Já o setor de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura teve redução de 639 vagas.

Colaborador

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.