Família de influenciadora que morreu em acidente em Portugal aguarda autópsia para liberação do corpo: ‘Angústia forte’, diz irmão

Potiguar, Hadkelly Bezerra morreu no sábado (7), em Lisboa, durante viagem com o marido. Família tem expectativa que procedimento seja realizado nesta quarta-feira (11).

Handkelly Bezerra faleceu em acidente em Portugal — Foto: Reprodução

A família da influenciadora digital potiguar Handkelly Bezerra, de 37 anos, que morreu em um acidente de trânsito no último sábado (7), em Portugal, ainda aguarda a realização da autópsia, para que o corpo dela seja liberado e possa ser transportado para o Brasil.

Segundo o irmão dela, Nilton Bezerra Júnior, a expectativa é que os exames – que são realizados nas vítimas de mortes violentas – possam acontecer ainda nesta quarta-feira (11).

Os trâmites são acompanhados pelo marido de Hand, como a influenciadora era mais conhecida. Ele também se envolveu no acidente e teve vários ferimentos.

“Tem todo um trâmite, todo um processo. Só nos resta aguardar e apegar com Deus, porque essa angústia é muito muito forte, muito pesada. Foi um choque para todo mundo. Meu pai está altamente abalado, em choque. Minha mãe e o filho dela, de 13 anos, também”, diz Júnior.

De acordo com Nilton, o cunhado assinou um termo de responsabilidade para sair do hospital antes da alta médica, para poder agilizar o processo de traslado, no entanto o órgão responsável não funciona aos fins de semana.

“Na segunda-feira, ele foi no instituto para fazer a solicitação da autópsia, sendo que para isso tinha que ter um pedido do Ministério Público. Então ele constituiu um advogado. Ele mesmo é advogado, mas não podia atuar. Esse advogado entrou com o pedido do Ministério Público para solicitação. Com essa autópsia sendo realizada, é feita a certidão de óbito, que tem que ser ratificada pelo consulado. E a partir daí começa o translado. O seguro já está acionado, as autoridades já estão cientes, na embaixada, no consulado, no Itamarati em Brasília, já estão cientes do caso”, conta Nilton Júnior.

De acordo com ele, a expectativa da família é que o corpo chegue até a próxima sexta-feira (13), para quando está marcada uma missa de sétimo dia em memória de Hand.

Handkelly Bezerra com seu irmão, Nilton Bezerra Júnior — Foto: Cedida
andkelly Bezerra com seu irmão, Nilton Bezerra Júnior — Foto: Cedida

O acidente

Ainda de acordo com o irmão, Hand e o marido pegaram um carro por aplicativo no hotel, em Lisboa, com destino ao aeroporto para seguir viagem para a Itália.

Segundo ele, essa era a viagem dos sonhos da influenciadora e que vinha sendo adiada pelo menos desde 2019, por causa também da pandemia da Covid-19.

“Nesse caminho para o aeroporto, ela pediu para Cássio (marido) senhor adiantar o check-in. Ele pegou o celular e ficou de cabeça baixa, adiantando, quando escutou ela dizendo ‘meu Deus’. Ele só lembra da pancada e que o carro rodou várias vezes. Ele começou a chamar por ela, falou ‘flor’ e e ela não respondia. Ele lembra que do corpo dela, sem nenhum, não estava deformado. Botaram ele na ambulância e ele o tempo todo querendo sair, querendo ir atrás dela, mas deram uma injeção nele que ele apagou. Quando ele acordou, o corpo de bombeiro foi lá e disse que fez todos os procedimentos e ela não resistiu. Morreu no local”, conta Júnior.

Ainda de acordo com ele, o cunhado teve fraturas nas costelas, quebrou alguns dentes e tem vários hematomas pelo corpo.

Quem era Hand

Advogada e empreendedora, Hand havia deixado a profissão de origem para atuar como influenciadora digital. Ela criou do perfil Casa194 no Instagram, que tinha mais de 40 mil seguidores, onde apresentava dicas de mesa posta, decoração, receitas, entre outros conteúdos. Ela era casada e mãe de um menino de 13 anos.

“Ela era uma uma pessoa muito amada, muito querida, cativadora, humilde. Ela era simpatia, era luz. Estava com 37 anos, no auge, empreendedora, advogada. Ela viveu muito bem seus trinta e sete anos”, diz o irmão.

Colaborador

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.