Postos passam a mostrar preços dos combustíveis com duas casas decimais em Natal; entenda

Regra foi determinada pela ANP e deve ser cumprida em todo o Brasil. Medida vale para valor no visor e também na placa de propaganda.

Os postos começaram a mostrar os preços dos combustível com apenas duas casas decimais em Natal. A adequação é uma regra imposta pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) tinha como determinação o início até o sábado (7). Até então, o valor mostrado na bomba tinha três casas decimais (entenda mais abaixo).

Em Natal, os postos já aderiram à nova regulamentação, que visa facilitar o entendimento do cliente.

“Eu cheguei a ver a mudança numérica nos postos, mas taxas menores ou maiores não senti diferença nenhuma. Continua do mesmo jeito. Mas achei interessante [a mudança], porque antes tinha muito número”, disse o motorista por aplicativo João Negreiros, que abasteceu neste domingo em um posto na Zona Sul da cidade.

O pensamento é compartilhado pelo auxiliar de lotação Wendell Alves, que também percebeu a mudança na manhã deste domingo.

Postos passaram a mostrar valores com duas casas decimais — Foto: Pedro Trindade/Inter TV Cabugi

Postos passaram a mostrar valores com duas casas decimais — Foto: Pedro Trindade/Inter TV Cabugi

“Acredito que vai ficar mais claro o valor do combustível com apenas essas duas casas decimais. Fica mais explícito”, diz.

A enfermeira Laísa Silva também acredita que apenas isso vai mudar neste momento. Laísa Silva “Eu acredito que não [mude o valor], só questão mesmo de visualização, pra ter a certeza do valor do litro da gasolina”.

Entenda a mudança

Os postos de combustíveis tiveram até este sábado para passar a mostrar os preços com apenas duas casas decimais – prazo final para adequação à regra da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Até então, o valor mostrado na bomba tinha três casas decimais.https://08cca9648926656e5157648da137e9a3.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O objetivo da mudança é deixar o preço do combustível mais preciso e claro para o consumidor, além de estar alinhado com a expressão numérica da moeda brasileira”, diz a ANP em nota.

A nova regra vale tanto para o painel de preços quanto nos visores das bombas. Segundo a ANP, no entanto, a terceira casa decimal poderá ser mantida nas bombas, desde que seja zero e fique travada no momento do abastecimento. Com isso, os postos não vão precisar trocar esses dispositivos, o que poderia acarretar gastos.

Colaborador

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.