Número de homicídios cai 23,8% em abril no RN

Ao todo, foram registrados 109 casos ao longo do mês, contra 143 no mesmo período de 2021.

Centro Integrado de Operações Segurança Pública (Ciosp) em Natal — Foto: Divulgação/Sesed

O Rio Grande do Norte completou, ao final do mês de abril, sete meses seguidos de redução nos índices de mortes violentas, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública. O comparativo é com os mesmos meses dos anos anteriores.

Ao todo, foram registrados 109 homicídios durante o mês, contra 143 mortes ocorridas no mesmo período do ano passado, o que representa queda de 23,8%.

Nos tipos criminais, no período de janeiro a abril, a pasta destacou as redução nos homicídios dolosos, de 409 ocorrências em 2021 para 344 registros em 2022, queda de 15,9%.

Os números dos de latrocínio também foram reduzidos, saindo de 29 em 2021 para 6 casos em 2022, diminuição de 79,3%.

De acordo com os dados fornecidos pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (Coine), no comparativo dos anos de 2021 com 2020, em outubro a redução foi de 152 para 86 mortes violentas (-43,42%), em novembro, a queda foi de 116 para 100 (-13,79%) em dezembro caiu de 130 para 75 (-42,30%).

No comparativo de 2022, neste caso com os meses de 2021, em janeiro caiu de 118 para 97 (-17,79%), em fevereiro caiu de 104 para 103 (-0,96%), em março caiu de 140 para 87 (-37,85%), e em abril caiu de 143 para 109 (-23,77%).

Apesar de menos mortes, o abril teve crimes que comoveram a população do estado. Uma delas foi o assassinato da jovem Ana Bruna Rodrigues, de 22 anos, que foi assassinada com tiros na cabeça na loja onde trabalhava.

Outro crime foi o assassinato do advogado Eliel Ferreira Cavalcante Júnior, de 25 anos, em Mossoró. Pelo menos três suspeitos foram detidos.

Colaborador

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.