Cerca de dez pessoas morreram em um deslizamento de terra em Angra dos Reis; O RJ tem 18 obituários.

Dois corpos foram encontrados por uma equipe de busca e resgate no bairro de Monsuaba na manhã desta terça-feira. De acordo com a Defesa Civil, uma pessoa ainda está sendo procurada.

Em Angra dos Reis, um deslizamento de terra matou 8 pessoas; três estão desaparecidas. — Foto: Reprodução

Mais dois corpos foram encontrados na madrugada desta segunda-feira (4) por equipes de resgate que trabalham nas buscas no deslizamento de terra em Angra dos Reis (RJ). Com estas novas vítimas, a cidade já registra 10 mortes na queda de barreira no bairro Monsuaba. As informações são da Defesa Civil.

No local, uma pessoa ainda é considerada desaparecida. Também estão sendo procuradas até quatro pessoas que poderiam estar soterradas, segundo relatos da comunidade local, em um deslizamento de terra que destruiu a Praia de Itaguaçu, na Ilha Grande. As buscas seguem na manhã desta segunda-feira.

Desde sábado (2), o estado do RJ já soma 18 óbitos provocados pela chuva. Além das 10 mortes confirmadas em Angra dos Reis, também ocorreram sete óbitos em Paraty, onde uma mulher foi soterrada junto com seis filhos. Em Mesquita, um advogado morreu eletrocutado ao tentar ajudar uma pessoa.

Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal da cidade, que pede para que os familiares compareçam à unidade para fazer o reconhecimento.

Ainda não há informações sobre os dois últimos corpos encontrados em Angra dos Reis. Os demais são de quatro adultos e quatro crianças.

O nome e a idade de cada uma das vítimas ainda não foram confirmados por fontes oficiais. Apenas um dos adultos foi identificado: Rosa Maria da Silva, de 40 anos.

Pior chuva da história, diz prefeitura

Esta foi a pior chuva da história de Angra dos Reis, segundo a prefeitura. Diante dos transtornos, foi decretada situação de emergência no município.

Na cidade, são aproximadamente 314 moradores em pontos de apoio disponibilizados pela prefeitura.

Fonte: G1

Colaborador

Colaborador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.