Pais que recusarem vacina podem perder a guarda de filho

Os pais que se recusarem a vacinar seus filhos contra a Covid-19 podem perder a guarda, segundo o procurador-geral de Justiça de São Paulo (SP), Mário Sarrubbo. Ele disse que promotores devem ser acionados pelos conselhos tutelares nesses casos.

“No nosso gabinete é consenso a obrigatoriedade de os pais vacinarem os filhos. Não só para a covid-19, mas todas as outras”, disse em entrevista à Rádio Eldorado nesta 5ª feira (20.).

“O promotor deve chamar esse pai em 1º lugar para um diálogo e dar uma advertência na forma de proceder com a vacinação. Em seguida, prosseguindo com ações injustificadas, ações específicas serão tomadas, como punições, advertências e até a perda temporária do poder familiar, o que não esperamos que aconteça”, completou.

Redação

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.