Covid: RN registra taxa de ocupação de UTIs de 50% e Região Metropolitana chega a 60%

O Rio Grande do Norte registra nesta quarta-feira (19) uma taxa de ocupação dos leitos críticos contra Covid de 51,3%. É o que aponta a plataforma Regula RN, que monitora a situação da rede pública em todo o estado. A consulta foi feita às 8h15.

De acordo com o sistema, a Região Metropolitana de Natal chegou a 63,2% de ocupação nesta quarta. A Região Oeste tem 41,7% e o Seridó 20%.

Os leitos públicos de UTI têm registrado uma crescente na ocupação nos últimos dias. No último dia 14, segundo a plataforma, atingiu 50% de ocupação quase dois meses depois de ter chegado a essa marca pela última vez, em 15 de novembro de 2021.De acordo com a plataforma, há atualmente 61 pacientes em leitos críticos de UTI na rede pública.

Cinco dos hospitais registram 100% de ocupação no estado: o Hospital João Machado, o Hospital dos Pescadores, o Hospital Infantil Maria Alice Fernandes, o Hospital Rafael Fernandes e o Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade.

Apesar do aumento da taxa de ocupação, o número de leitos disponíveis para a Covid é menor do que nos picos das duas primeiras ondas da doença, sobretudo na segunda, quando o estado chegou a ter até 411 leitos de UTI disponíveis para a Covid, em junho de 2021.

A partir de julho do ano passado, com a queda nos índices da pandemia, somados ao aumento da vacinação, o estado passou a reverter leitos de UTI Covid para UTI geral. Atualmente, segundo o Regula RN, há cerca de 120 leitos de UTI operacionais (não-bloqueados).

Fonte: G1

Redação

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.